Pontos chave para uma vida financeira estável

Na coluna desta semana, a Uniprime traz dicas para ter uma vida financeira estável

Aí você pensa ao ler este título: lá vem outra “sabe tudo” dizer que descobriu o tesouro da arca! Mas não é nada disso, quero apenas propor uma reflexão simples que se exercida diariamente pode realmente mudar sua vida financeira e com isso, a sua qualidade de vida. Muitos dizem que dinheiro não traz felicidade e, de fato, não traz. Mas levar uma vida menos preocupado em pagar as contas e mais tranquilo por saber que você terá condições de pagar um eventual tratamento de saúde, faz muita diferença, isso é inegável.

Leia também: Aprendizado financeiro ajuda na hora de adquirir um bem

Os conceitos que vou trabalhar a seguir são simples, e devem ser desenvolvidos diariamente, já que educação financeira é a prática diária de conceitos que aprendemos durante a vida.

Como ter uma vida financeira estável

Vamos começar pelo gasto consciente. Recentemente falei sobre a Black Friday e sobre saber com o que exatamente estamos gastando nosso dinheiro. É muito importante aprender a “gastar melhor”, colocando dinheiro em algo que seja realmente útil e não sair comprando por impulso.  Vale lembrar que obter descontos pagando à vista faz parte da política de “gastar bem”, pois você faz seu dinheiro render mais.

Ganhar dinheiro é muito importante também, uma vez que se você não ganha, não pode gastar, não é mesmo? E ganhar mais dinheiro envolve organização, sempre com anotações sobre em que você gasta (olha a planilha aí novamente). Quando se gasta bem e tem controle disso, você consegue saber também quando precisa ganhar mais dinheiro, já que economizou o possível, porém entende que para chegar em seu objetivo vai precisar de reforço. Outras fontes de renda como trabalhos extras, que podem ser desde aulas particulares, formatação de trabalhos ou algum outro dote que você tenha, como culinário ou artístico, pode ajudar bastante.

Saber investir é a outra ponta deste tripé, pois de nada adianta você ganhar o necessário, economizar e gastar com sabedoria, se no momento de investir o seu dinheiro você não o fizer “trabalhar” por você. Observe a instituição que você estiver investindo e lembre que todo investimento tem um certo risco, por menor que ele seja. Lembre-se que o seu investimento deve ser de acordo com seu perfil de investidor – ainda não sabe qual é o seu perfil de investidor? Clique aqui e faça o teste.

Como adiantei pra vocês no inicio do texto, não existe mapa do tesouro, quem quiser lhe vender a mina de outro ou muitas facilidades, desconfie sempre! Planeje pensando no futuro, porém lembre-se que esse planejamento deve começar hoje!

Fonte: Uniprime

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *